História de pianista negra de Salvador é retratada no cinema
15/01/2018 18:42 em Na Telona
O desafio de compreender uma vida é infinito. A biografia em curta metragem 'Celice – Histórias e Canções de uma Mestra Pianista' busca contar a trajetória de uma vida a partir das conexões entre duas esferas – a coletiva e a individual – e da articulação entre ambas. Financiada com recursos do Fundo de Cultura do Estado (FCBA), por meio do edital Culturas Populares, coordenado pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), a obra será lançada na Sala Walter da Silveira, na Biblioteca Central dos Barris, em Salvador, no próximo sábado (20), às 17h.
 
O roteiro aborda não somente aspectos da grande história do estado e do país, entre os anos 1930 e 1980, mas também os desafios e estratégias de uma família negra no pós-abolição na Bahia, elementos do cotidiano de Salvador, questões sobre o ensino de música na cidade a partir da criação do Instituto de Música da Bahia, a vida da classe média operária após a descoberta do petróleo no Recôncavo Baiano, além da musicalidade e poesia do bairro de Itapuã. Tudo isso a partir da biografia de Celice Silveira, 87 anos, pianista desde os seis anos e professora de piano desde os 20. 
 
Nascida em 1930, no centro antigo de Salvador, poucas décadas após a abolição da escravatura no Brasil, em uma Bahia republicana ainda com traços imperiais, filha de uma família negra e próspera, Celice estudou piano desde a infância e foi aluna do Instituto de Música da Bahia, a segunda instituição oficial de ensino de música no Brasil. A trajetória dela como pianista e professora de música se confunde com a história de Salvador do século XX. 
 
A trama é contada em primeira pessoa pela filha da pianista, a diretora e historiadora Wayra Silveira, em 5 mini-capítulos. A cronologia dos fatos está colocada a serviço das questões que perpassam a obra: Como uma família negro-mestiça de Salvador do início do século XX produziu uma pianista? De que forma o trabalho desconhecido de Celice popularizou o piano em bairros desta cidade? 
 
'Celice – Histórias e Canções de uma Mestra Pianista' é um relato interpretativo de Wayra Silveira, estreante como diretora de cine documentários, realizado a partir de fontes orais, bibliográficas e documentais, do acervo familiar e de bibliotecas e arquivos públicos. Também tem apoio da Diretoria de Audiovisual (Dimas) da Fundação Cultural do Estado (Funceb) e do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb). Mais informações estão disponíveis no site da Secretaria de Cultura do Estado (Secult)
COMENTÁRIOS