Capacitação em rádio fortalece mulheres indígenas na Bahia
23/02/2018 15:10 em Tecnologia

Um projeto da Rede Pelas Mulheres Indígenas realiza oficinas de formação em rádio-web nas comunidades indígenas de Pataxó Barra Velha, no município de Porto Seguro, e em Pataxó 2 Irmãos, município de Cumuruxatiba. O curso acontecerá até domingo (25), com carga horária de 40h. A capacitação é feita pela Rádio Cunhã, uma rádio-web protagonizada por mulheres de oito povos indígenas: Pataxó Barra Velha, Pataxó Hahahae, Pataxó Cumuruxatiba e Tupinambá, todos baianos; Pankararu (Pernambuco); Kariri Xoco e Karapoto (Alagoas); e Xokó (Sergipe).

Durante as oficinas, as mulheres indígenas debatem sobre os tipos de violência contra mulher, empoderamento feminino, sororidade, ciberativismo, produção de conteúdo, etnojornalismo e técnica em rádio. A formação tem o intuito de alcançar mais mulheres e capacitá-las para serem autônomas no desenvolvimento de seus próprios programas de rádio. Assim, poderão ampliar e potencializar as vozes das mulheres indígenas no combate ao preconceito, violência de gênero e sexismo.

Em rodas de conversa, as mulheres expõem as violências que sofrem em suas comunidades e nos seus próprios lares. Através dos relatos, elas podem compreender como reagir em casos de violência e ter elementos para alertar outras mulheres sobre a importância de combater esses atos.

Para Potyra Tê Tupinambá, uma das idealizadoras do projeto, a rádio é feita por e pelas mulheres indígenas. “As mensagens criadas para a Rádio Cunhã servem para inspirar outras mulheres a se libertarem da violência, já que infelizmente essa é uma realidade de muitas de nós mulheres. Queremos empoderar nossas parentes para mudar suas histórias, tomarem a rédea de suas vidas, saírem da violência”, argumenta.

A Rádio Cunhã foi criada em junho de 2016, e atualmente conta com o apoio financeiro do Governo do Estado, por meio do edital Setorial de Culturas Digitais 2016, do Fundo de Cultura da Bahia, para alcançar mais mulheres indígenas com formação e fortalecimento. Entre 2017 e 2018 foram realizados 12 novos programas de rádio (a maior parte está no YouTube) e já conta com quase três mil audições no Soundcloud.

COMENTÁRIOS