Virtual Educa Bahia 2018 terá apresentações de pesquisadores brasileiros e estrangeiros
23/04/2018 10:46 em Tecnologia

O XIX Encontro Internacional Virtual Educa (Virtual Educa Bahia 2018), um dos maiores encontros internacionais de tecnologia aplicada à Educação da América Latina, que será realizado pela primeira vez na Bahia, de 4 a 8 de junho, contará com a participação de renomados palestrantes brasileiros e estrangeiros. São professores, escritores e pesquisadores que estudam a Educação e a sua relação com as mais diferentes áreas do conhecimento, como a Tecnológica, e estão vinculados a instituições de ensino em várias partes do mundo. 

Dentre as presenças já confirmadas está Vani Moreira Kenski, doutora e mestre em Educação, vice-presidente da Associação Brasileira de Educação a Distância e professora da Universidade de São Paulo (USP). Kenski é autora de livros, como ‘Educação e Tecnologias o novo ritmo da informação e Tecnologias’. Robson Lemos é outro palestrante. Ele é professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), doutor pela University of Calgary, no Canadá, mestre pela UFRGS e graduado em Ciência da Computação pela UFSC, e pesquisador de Interação Humano-Computador e Tecnologias Interativas para Educação.

Entre os pesquisadores estrangeiros, Ruth Contreras é PhD pela Universidade da Catalunha, na Espanha, na área de Engenharia Multimídia e aprendizagem baseada em novas tecnologias, co-fundadora e coordenadora do Observatório de Comunicação, Videogames e Entretenimento da InCom-UAB-Uvic, professora da Universidade Vic-Central da Catalunha e da ENTI-Universidade de Barcelona e diretora da revista Digital Work. Já a pesquisadora Ana Isabel Veloso é doutora em Ciências e Tecnologias da Comunicação na Universidade de Aveiro, em Portugal, com mestrado em Engenharia Biomédica e licenciatura em Engenharia Informática pela Universidade de Coimbra, no mesmo país. Professora da Universidade de Aveiro, ela é presidente da mesa da assembleia da Sociedade Portuguesa dos Videojogos (SPCV) e pesquisa temas como a Comunicação em contextos de mediação tecnológica, design participativo e videojogos.

O Virtual Educa contará, também, com a participação de educadores da Bahia, como o professor Naomar de Almeida Filho, que é professor titular de Epidemiologia no Instituto de Saúde Coletiva da UFBA, médico, mestre em Saúde Comunitária, Ph.D. em Epidemiologia e doctor of Science Honoris Causa pela McGill University, Canadá. Naomar é professor visitante nas seguintes universidades: Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill, Universidade da Califórnia em Berkeley, Universidade de Montreal e Universidade Harvard, ex-reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e da UFBA. É pesquisador em diversas áreas, incluindo a interação entre os Ensinos Superior e Básico e bolsista de produtividade 1A do CNPq. 

Com o tema “Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único”, o Vitual Educa acontecerá no novo Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, a ser inaugurado no antigo Iceia, no bairro do Barbalho, em Salvador. Paralelamente, o Virtual Educa envolverá o Fórum Global de Educação e Inovação "Cooperação Sul-Sul", voltado para representantes governamentais e de instituições internacionais, a ser realizado no Porto de Salvador.

Segundo o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro, o Virtual Educa possibilitará que educadores e estudantes da Bahia possam apresentar as experiências que são desenvolvidas em sala de aula. “Com a participação de grandes personalidades da Educação, os nossos estudantes e professores terão, inclusive, a chance de conhecer o que está sendo feito em outros países, acessando conteúdos que venham fortalecer o pedagógico das nossas escolas”, afirmou.

Inscrições

Quem desejar participar do evento precisa se inscrever, até 20 de maio, neste link. Para professores e profissionais de Educação das redes municipal, estadual e federal do estado da Bahia, as inscrições são gratuitas. Inscrições também estão abertas, até 30 de abril, em endereço eletrônico, para os educadores e pesquisadores que desejarem apresentar trabalhos acadêmicos durante o Virtual Educa. A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão científica internacional. O resultado final dos selecionados será publicado no dia 11 de maio. 

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE