Polícia Militar promove Oficina de Cinoterapia em Valença
31/10/2018 08:04 em Saúde & Bem Estar

Na manhã desta terça-feira (30), policiais militares da 33ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) promoveram uma Oficina de Cinoterapia, terapia com o emprego de cães, com 14 alunos da Associação Pestalozzi, no Baixo Sul da Bahia, município de Valença. A instituição assiste pessoas com Síndrone de Down, deficiência intelectual, com paralisia cerebral e surdez.

Durante as atividades, que foram acompanhadas de uma equipe multidisciplinar da associação e tiveram como co-terapeuta a cadela “CISSA” da raça Cocker Spaniel, permitiram uma maior aproximação dos alunos com o cão com o objetivo de identificar as reações deles diante do primeiro contato com o animal.

Para a Diretora da Associação, Angelice da Conceição, a experiência foi um sucesso. “Os alunos interagiram com o cão, mostraram-se interessados na proposta, mantendo-se concentrados e superando nossas expectativas”, disse.

No final do evento, a equipe multidisciplinar considerou importante a participação do cão como uma ferramenta alternativa em terapias envolvendo pessoas com deficiências e sinalizou o interesse em torná-la assistida com cães como atividade regular da associação.

COMENTÁRIOS