ARTE NO PASCOAL NO PELOURINHO DIA E NOITE
09/01/2019 09:50 em Novidades

A Cruz do Paschoal, na Rua Direita do Santo Antônio, será o palco dos shows do “Arte no Paschoal”, ação promovida pelo Pelourinho Dia e Noite nas sextas-feiras 11, 18 e 25 de janeiro e 01 de fevereiro, das 20h às 22h. Em cena, o puro talento baiano : Juliana Ribeiro e Fernando Marinho com o espetáculo “Na Batucada da Vida”, Will Carvalho interpretando os grandes sucessos de Elis Regina, Pedro de Rosa Moraes cantando Cartola e Paulinho Boca com os maiores sucessos da sua carreira. E tudo no tom intimista que o Santo Antônio Além do Carmo pede.

Outra grande novidade é que dentro da ação Arte no Paschoal vai acontecer o Movimento Som do Bairro, que promoverá a apresentação de grupos musicais oriundos do Santo Antônio Além do Carmo. Antes dos shows principais, dois grupos por noite se apresentarão mostrando porque o bairro é um dos mais artísticos da capital. Para participar do Movimento Som do Bairro basta entrar no site- pelourinhodiaenoite.com.br - e obter todas as informações. Mas é imprescindível que esses grupos possuam alguma sintonia artística com o show principal da noite. Por isso, serão selecionados através de uma curadoria as propostas que mais se aproximarem da MPB, chorinho , jazz, bossa nova...

“Na Batucada da Vida” - Com Juliana Ribeiro e Fernando Marinho, um espetáculo com um formato inusitado onde teatro, música e performance são encenados através de piano, voz e percussão. Após três anos sendo apresentado em teatros, no próximo dia 11/1, às 20h, “Na Batucada da Vida” abre o ano de 2019 ao ar livre na Praça da Cruz do Pascoal. A proposta de “Na Batucada da Vida” é fazer releituras contemporâneas das canções de Ary Barroso. “Nossa ideia é reinterpretar a obra de Ary com base nas nossas vivências, no que a cidade nos oferece. Os arranjos trazem o samba urbano, a salsa e até a sofrência numa interpretação em arrocha”, revela Juliana Ribeiro.

Assim, o público poderá apreciar um arranjo inusitado para “Rancho Fundo”(1931) parceria com Lamartine Babo,  o bolero “Risque” (1952) , o teatro de revista  “Boneca de Pixe” (1938), além das antológicas “Aquarela do Brasil”(1939) e “Sandália de Prata”(1941), que criaram o sub-gênero samba-exaltação, internacionalizando o nome do Brasil através da canção. É a primeira vez que Juliana Ribeiro assume uma interpretação no formato voz, piano e percussão, esta última executada por ela mesma.  “Montar um espetáculo piano e voz traz à tona a relação de Ary Barroso com este instrumento desde a sua tenra infância. Por mais que tocasse flauta, violão e percussão, suas composições nasceram da sua relação com o piano”, relembra Juliana.

Uma cuidadosa pesquisa cria um pano de fundo histórico para o show, com dados pitorescos da vida do Ary Barroso, como seu trabalho de locutor esportivo e apresentador polêmico de programas de calouros, são trazidos ao palco em forma de esquete teatral, reservando boas risadas para a plateia. Assim como a chegada de Ary a Salvador em 2 e dezembro de 1940. O evento foi tão impactante para a comunidade local que acabou virando Projeto de Lei e inspirando a criação do Dia Nacional do Samba, comemorado até hoje em todo o Brasil.

O projeto Pelourinho Dia e Noite é coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), por meio da Diretoria de Gestão do Centro Histórico.

SERVIÇO:

O QUE? Show Na Batucada da Vida- Uma Homenagem a Ary Barroso

QUANDO? Dia 11/01/2019, sexta-feira

HORA? 20H

ONDE? Praça Cruz do Pascoal

INGRESSO: Gratuito

COMENTÁRIOS